STM mantém condenação de controladores de voo

Oito controladores de voo condenados por participação em um motim em 2007, que ficou conhecido como "apagão aéreo", fracassaram nesta quarta-feira, 19, da tentativa de derrubar a decisão desfavorável. O Superior Tribunal Militar (STM) rejeitou por unanimidade um recurso e confirmou as condenações de cinco suboficiais e três sargentos da Aeronáutica. Conforme informações divulgadas pelo STM, os militares punidos ocupavam funções de supervisores dos demais controladores de voo. Eles foram indiciados depois de terem se negado a obedecer ordens do comando do Cindacta 2 para que o controle aéreo não fosse interrompido.

MARIÂNGELA GALLUCCI, Agência Estado

19 Março 2014 | 19h05

Mais conteúdo sobre:
STM controladores de voo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.