1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Sondado pelo Planalto, deputado se reúne com Temer para discutir indicação para a Aviação Civil

- Atualizado: 12 Janeiro 2016 | 12h 49

Governo vem cogitando o nome da Mauro Lopes para a Pasta desde dezembro do ano passado, como parte da estratégia para reeleger o aliado Leonardo Picciani à liderança do PMDB na Câmara

BRASÍLIA - O deputado federal Mauro Lopes (PMDB-MG) se reunirá nesta terça-feira, 12, com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), para conversar sobre a sondagem feita pelo Palácio do Planalto para que ele assuma a Secretaria Nacional da Aviação Civil. Segundo apurou o Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, Lopes tem interesse em aceitar o convite, mas quer a anuência de Temer, que é presidente nacional do PMDB.

O deputado federal Mauro Lopes (PMDB-MG)
O deputado federal Mauro Lopes (PMDB-MG)

O Planalto vem sondando Lopes para assumir a Pasta desde dezembro do ano passado, como parte da estratégia do governo para reeleger o aliado Leonardo Picciani (RJ) à liderança do PMDB na Câmara. Isso porque, ao oferecer espaço ao parlamentar mineiro, o Planalto tenta neutralizar a bancada do PMDB de Minas Gerais, que quer indicar um candidato para concorrer com Picciani.

Lopes tem interesse no posto, mas enfrenta resistência principalmente dos deputados Leonardo Quintão e Newton Cardoso Júnior, que disputam a indicação da bancada do PMDB de Minas para concorrer a líder do PMDB. Peemedebistas da ala pró-impeachment, que pretendem apoiar o candidato mineiro, também são contra Lopes assumir a Secretaria. Eles alegam que a pasta é "esvaziada" e sem representatividade.

Como mostrou o EstadoTemer tem evitado se envolver diretamente na disputa pela liderança. Ele orientou a bancada a buscar um nome de "consenso". O discurso faz parte da estratégia do vice para se reeleger presidente nacional do PMDB, sua principal preocupação no momento. Ao pregar isenção, ele evita se indispor com a bancada do PMDB do Rio, uma das com maior peso na convenção nacional da sigla, prevista para março.

Caso Mauro Lopes assuma a Secretaria Nacional da Aviação Civil, ele substituirá Eliseu Padilha (RS). Indicado pelo vice-presidente da República, o ex-ministro deixou o cargo em dezembro do ano passado, logo após o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acatar o pedido de abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em PolíticaX