1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Sobe para 10 os ministros chamados a prestar esclarecimentos à Câmara

Daiene Cardoso - O Estado de S. Paulo

12 Março 2014 | 21h 23

Governo fecha o segundo dia de derrotas com 12 membros do primeiro escalão entre convocados e convidados pelos deputados; entre eles estão um secretário executivo e a presidente da Petrobrás

Brasília - A Comissão de Esporte da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira, 12, convites para que os ministros Aguinaldo Ribeiro (Cidades), Aldo Rebelo (Esporte) e Moreira Franco (Secretaria de Aviação Civil) compareçam à Casa para dar explicações. Com a aprovação destes requerimentos, chegam a 12 o número de integrantes do primeiro escalão do governo que terão de prestar esclarecimentos à Câmara dos Deputados.

A convocação de representantes do governo é parte da estratégia de pressão adotada pelo 'blocão', grupo de deputados insatisfeitos com a condução política do Palácio do Planalto. No início da tarde, a Câmara aprovou quatro convocações e sete convites para que membros do primeiro escalão do governo prestem esclarecimentos sobre diversos assuntos.

Em ano de Copa, os deputados decidiram chamar o ministro do Esporte para falar sobre a preparação para o evento.

Franco e Ribeiro terão que comparecer a mais de uma comissão. No início da tarde, o titular da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, foi convidado pela comissão de Viação e Transportes sobre as obras de infraestrutura nos aeroportos.

O ministro das Cidades foi convocado a comparecer à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara para explicar os investimentos em mobilidade urbana. A convocação significa que ele será obrigado a prestar esclarecimentos.

Os requerimentos foram apresentados pelos deputados Romário (PSB-RJ), Afonso Hamm (PP-RS) e Valadares Filho (PSB-SE).