1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Sessão é cancelada e início da CPI mista da Petrobrás fica para esta quarta

Erich Decat - O Estado de S. Paulo

27 Maio 2014 | 22h 57

O motivo é o jantar nesta terça entre os integrantes do PMDB e a presidente Dilma Rousseff

Brasília - O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), anunciou em plenário na noite desta terça-feira, 27, o cancelamento da sessão do Congresso Nacional em que seriam lidos os nomes dos integrantes da CPMI da Petrobrás. Também estava na pauta a votação de 14 vetos.

O anúncio foi feito após o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), entrar em contato por telefone com Alves e pedir o adiamento da sessão.

O motivo é o jantar marcado para a noite desta terça na residência oficial do vice-presidente, Michel Temer, entre os integrantes do PMDB e a presidente Dilma Rousseff. Na ocasião, deverão estar presente todos os candidatos do partido que disputarão uma vaga ao governo estadual nas próximas eleições.

"O Renan mandou publicar os nomes da CPMI no Diário Oficial do Congresso Nacional de amanhã. Tem o jantar com a presidente e estamos correndo para lá", afirmou na noite desta terça o líder do governo no Senado, Eduardo Braga, que deverá disputar o comando do Estado do Amazonas.

Segundo Henrique Eduardo Alves, uma primeira audiência da CPMI deve ser iniciada a partir das 14h desta quarta pelo senador João Alberto (PMDB-MA), integrante mais velho do colegiado. Na ocasião, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) e o deputado Marco Maia (PT-RS) devem ser indicados para ocupar, respectivamente, a presidência e relatoria da CPMI. A comissão será formada por 16 senadores e 16 deputados.

Segundo o senador Eduardo Braga (PMDB-AM), uma nova sessão do Congresso deverá ser remarcada para a noite desta quarta-feira.

Vetos. Além da leitura dos nomes indicados para a CPMI, estava na pauta desta terça a votação de 14 vetos da presidente Dilma a projetos aprovados pela Câmara e pelo Senado. Entre os vetos mais polêmicos está o que trata de alguns pontos da minirreforma eleitoral e o que regulamenta a criação de novos municípios.

 

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo