1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Sérgio Guerra era 'idealista e destemido', afirma Aécio

Atualizado às 14h10 - José Roberto Castro e Letícia Sorg, da Agência Estado

06 Março 2014 | 13h 56

Para senador e atual presidente do partido, oposição perde 'um dos seus principais líderes' com morte de deputado; FHC relembra atuação de tucano no comando da legenda

São Paulo - O senador Aécio Neves (MG), atual presidente nacional do PSDB, afirmou que a oposição perde "um dos seus principais líderes" com a morte do deputado federal Sérgio Guerra (PE), ex-presidente da legenda. O parlamentar morreu nesta quinta-feira, 6, aos 66 anos.

"O Brasil perde um dos seus mais extraordinários homens públicos e a oposição, um dos seus principais líderes", declarou o senador em depoimento publicado em sua página no Facebook. Guerra estava internado havia 15 dias em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês, onde tratava de um câncer de pulmão.

O provável candidato do PSDB à Presidência da República classificou Sérgio Guerra como homem "culto, idealista e destemido na defesa das suas posições". "Perde a política brasileira e perco eu um dos mais queridos amigos que construí ao longo de toda a minha vida", afirmou Aécio. Segundo o mineiro, Sérgio Guerra, que presidiu o PSDB entre 2007 e 2013, segue sendo uma inspiração para os membros do partido.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também destacou o trabalho de Guerra na presidência da legenda. "No período em que, por longos anos, dirigiu o PSDB, conseguiu rearticular o partido e dar-lhe enraizamento nacional", escreveu seu perfil no Facebook.

"Como amigo sempre foi atento e devotado. Em um momento no qual a vida política brasileira carece de pessoas com estas características sua perda é inestimável. Deixo registrado meu pesar de amigo e de brasileiro. Sergio Guerra fará muita falta", completou FHC.

O ex-presidente também lembrou da carreira política de Guerra. “Seu desempenho como secretário de estado em Pernambuco, no governo Arraes, como deputado federal e como senador mostrou qualidades de político com capacidade de análise e de articulação."