1. Usuário
Assine o Estadão
assine


''Ser casado é uma questão de foro íntimo'', diz Kassab

Silvia Amorim - O Estadao de S.Paulo

14 Outubro 2008 | 00h 00

Prefeito afirma que Marta erra ao fazer ataque pessoal na campanha e que continuará a apresentar propostas

O prefeito e candidato à reeleição Gilberto Kassab (DEM) criticou ontem a campanha da adversária Marta Suplicy (PT) por ter veiculado propagandas no rádio e na TV explorando a vida pessoal dele. "Acho que é um grande equívoco da campanha", reagiu Kassab. "O importante em relação a um candidato e a um prefeito é o caráter das pessoas. Acho que se ele é solteiro, viúvo, divorciado, casado, tem filhos ou não, é uma questão de foro íntimo." Marta aproveitou a retomada da propaganda eleitoral gratuita no domingo para pôr no ar inserções que miram a vida pessoal do candidato. Em uma delas, o locutor lança a seguinte pergunta ao eleitor: "É casado? Tem filhos?" E conclui: "Para decidir certo é preciso conhecer bem." Kassab disse que adversária erra ao adotar a estratégia, porque "o eleitor não se interessa por isso". "O eleitor tem conhecimento disso, mas não é o que vai definir se a pessoa é mais bem preparada para administrar uma cidade como São Paulo", reagiu, após vistoriar uma obra viária em São Miguel Paulista, zona leste, bairro onde Marta venceu o prefeito por uma diferença de 3 pontos porcentuais no primeiro turno. RECADO O prefeito também mandou um recado à adversária. "Quero dizer que vou continuar concentrando a minha conduta nessa campanha na apresentação de propostas, que é o que diz respeito aos paulistanos." Líder nas pesquisas, Kassab foi orientado por sua coordenação de campanha a não retrucar os ataques da petista. No entanto, ele deu ontem algumas alfinetadas. "Espero que a candidata Marta faça uma reflexão e perceba que a população de São Paulo quer conhecer as propostas dela e relembrar como foi sua gestão", disse, ao ser indagado se esperava um acirramento da disputa no segundo turno. Sobre a ligação que ele fez no debate promovido pela TV Bandeirantes no domingo à noite entre Marta e o petista Delúbio Soares, acusado de ser um dos mentores do esquema do mensalão, justificou: "Foi apenas uma lembrança a ela. As pessoas precisam refletir bastante antes de falar. Só disse que ela tinha como assessora a mulher do Delúbio, que era o braço direito do Marcos Valério (outro personagem acusado no caso do mensalão)." O prefeito também tem seguido à risca a ordem de não entrar no clima de já ganhou na campanha. Ontem, por exemplo, ele se recusou a falar em vencedores do debate. "Quem faz o julgamento é o eleitor. Seria uma pretensão eu dizer que venci. Eu me esforcei para manter o debate num elevado nível", disse. No site do candidato, contudo, frase em destaque dizia: "Kassab mostra que é o melhor". SERRA À tarde, o candidato recebeu o apoio de um sindicato que reúne motoboys da cidade. Foi presenteado com o tradicional colete usado pela categoria personalizado com seu nome e posou para fotos de capacete e em cima de uma moto. À noite, ele participou ao lado do governador José Serra, padrinho de sua candidatura, da cerimônia de entrega do prêmio Educador do Ano promovido pela Fundação Victor Civita.

  • Tags: