1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Senadores do PMDB querem Bruno Dantas para vaga no TCU

TÂNIA MONTEIRO - Agência Estado

10 Abril 2014 | 21h 21

Os peemedebistas apresentaram à presidente Dilma Rousseff, durante almoço nesta quinta-feira, 10, no Palácio da Alvorada, o nome de Bruno Dantas, ex-consultor jurídico do Senado, que atualmente está no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para ocupar a vaga do Tribunal de Contas da União. Bruno Dantas foi uma indicação do senador José Sarney (PMDB-AP), de quem foi consultor jurídico no Senado, quando presidia Casa.

Dantas vai substituir a indicação do senador Gim Argello para o TCU, feita pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Gim Argello foi alvo de manifestações por funcionários do TCU contrárias à sua indicação e provocou reações até mesmo do presidente do Tribunal. Após a polêmica, o Planalto mandou avisar que aguardava nova indicação para o cargo, o que acabou acontecendo no almoço de hoje. Na reunião com a presidente Dilma estavam presentes, além de Calheiros, os senadores Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Vital do Rêgo (PMDB-PB).

Na reunião com os peemedebistas, a presidente Dilma pediu ainda pressa na aprovação do Marco Civil da Internet. A presidente lembrou que gostaria de ter a proposta aprovada pelo Congresso no encontro multissetorial Global sobre o Futuro da Governança da Internet, em São Paulo, nos dias 23 e 24 de abril. Os senadores se comprometeram em fazer adiantar as audiências publicas e apressar o trâmite nas comissões para que o tema esteja aprovado até o dia 22 de abril e possa ser sancionado por ela antes do encontro global. A recomendação de encontros mais frequentes com políticos foi dada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Dilma, que vem encontrando resistências no Congresso.