André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Senadores assinam pedido para quebra de urgência de abuso de autoridade

Caso requerimento seja aprovado, projeto vai passar pela CCJ antes de voltar ao plenário

Isabela Bonfim, O Estado de S. Paulo

06 Dezembro 2016 | 21h21

BRASÍLIA - Senadores de diferentes partidos assinaram nesta terça-feira, 6, um requerimento para quebrar a tramitação em urgência do projeto que atualiza a lei de abuso de autoridade. O requerimento ainda precisa ser votado pelo plenário.

A proposta estava marcada para ser votada ainda nesta terça-feira, mas acabou não sendo apreciada com o cancelamento da sessão. A tramitação rápida foi encampada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), mas perdeu o apoio dos demais senadores após as manifestações do último domingo em todo o Brasil a favor da operação Lava Jato.

Caso a quebra da urgência seja aprovada, o projeto irá tramitar pela Comissão de Constituição de Justiça antes de voltar ao plenário. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.