1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Senadores aprovam o nome de Bruno Dantas para o TCU

Daiene Cardoso - O Estado de S. Paulo

29 Abril 2014 | 21h 06

A indicação segue agora para a avaliação da Câmara dos Deputados; consultor recebeu 78% dos votos

Brasília - Em votação secreta, os senadores aprovaram na tarde desta terça-feira, 29, a indicação do consultor legislativo do Senado Bruno Dantas para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Dantas deve substituir o ministro Valmir Campelo. A indicação seguirá agora para a Câmara dos Deputados.

Na votação em plenário, com a participação de 60 senadores votantes, Dantas obteve 47 votos. O consultor do Senado Fernando Moutinho, indicado da oposição, recebeu 11 votos. Sérgio Mendes, auditor do TCU e que tinha o apoio do senador Vicentinho Alves (SDD-TO), conseguiu apenas dois votos.

Dantas se tornou o favorito para ocupar a vaga no TCU após o senador Gim Argello (PTB-DF) desistir da disputa em meio à ameaça de não ser empossado por ter condenação judicial. O ex-conselheiro do CNJ tinha o apoio de 52 senadores e dos principais caciques do PMDB no Senado, entre eles o presidente da Casa, Renan Calheiros (AL).

O consultor legislativo escolhido pelo Senadoenfrenta questionamento do próprio órgão por suposto envolvimento em irregularidades quando integrava o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Um relatório do tribunal, concluído em setembro do ano passado, propõe que Dantas e outros dez ocupantes do conselho em 2012 sejam ouvidos para explicar suspeitas de direcionamento de contratos a uma empresa de informática. A lista inclui o ex-ministro Cezar Peluso, então presidente do colegiado e do Supremo Tribunal Federal (STF). COLABOROU FÁBIO FABRINI