1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Senadora Ana Amélia Lemos quer neutralidade do PP

GABRIELA LARA, CORRESPONDENTE - Agência Estado

15 Junho 2014 | 11h 05

A senadora e jornalista Ana Amélia Lemos, pré-candidata do PP ao governo do Rio Grande do Sul, ainda não desistiu de perseguir a neutralidade do partido no plano nacional, embora a legenda já tenha anunciado apoio à reeleição de Dilma Rousseff em diversas ocasiões. Em entrevista exclusiva ao Broadcast Político, serviço em tempo real da Agência Estado, a executiva do PP não pode deliberar sobre este assunto sem levá-lo à convenção, marcada para o dia 25 deste mês.

"Não teria sentido o partido dizer que os diretórios regionais estão liberados para apoiar qualquer candidato à Presidência da República se não tivermos o direito de usar esse candidato na nossa campanha", explicou. Ana Amélia aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto no Estado, à frente do atual governador, Tarso Genro, pré-candidato à reeleição pelo PT.

Ela afirmou que não vê no horizonte uma real possibilidade de haver uma reforma política no Brasil, independentemente do partido que governar o País nos próximos anos. Além disso, disse que o PT não se deve "subestimar a inteligência" do eleitor fazendo-o acreditar que haverá retrocesso nas conquistas sociais com uma possível vitória da oposição, seja no cenário estadual ou no nacional. "O eleitor hoje é pragmático, não ideológico. Não adianta insistir nessa questão de esquerda e direita, porque isso não enche o prato de ninguém", revelou.

Eleições 2014