1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Seminário no Ibmec discute liberdade de expressão no Rio

Agência Estado

28 Abril 2014 | 19h 17

Evento marcará o lançamento da nova cátedra da instituição, que se propõe a intensificar a produção acadêmica sobre o assunto no Brasil

Rio - O seminário Comunicação & Mercado no Brasil: Desafios e Oportunidades será realizado nesta terça-feira, 29, no Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec), no Rio, como marco do lançamento da nova cátedra da instituição, que se propõe a intensificar a produção acadêmica sobre liberdade de expressão no Brasil. Hoje, o assunto é pouco explorado pelos estudantes nas universidades e faculdades.

Serão dois painéis: um sobre liberdade de expressão e outro cujo tema é livre iniciativa, mercado e desenvolvimento. Do primeiro, participarão a ministra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia e o jornalista e professor da USP Eugênio Bucci, e no outro haverá representantes do Google, do Grupo Abril e das Organizações Globo.

A organização é do Ibmec e do Instituto Palavra Aberta. As duas entidades estão desenvolvendo em parceria a cátedra, intitulada Centro de Estudos Palavra Aberta. A ideia é estimular os estudos sobre o assunto entre os alunos de cursos de áreas como relações internacionais e direito, a fim de enriquecer este debate na sociedade brasileira.

O Palavra Aberta foi criado por associações de veículos de comunicação (rádio, TV, jornais e revistas) e agências de publicidade com o objetivo de promover a liberdade de expressão e informação e o consequente fortalecimento da democracia. Um levantamento feito pela entidade identificou 84 teses sobre o tema nos últimos cinco anos, número considerado baixo.

O evento, com início marcado para as 17 horas, na unidade Barra da Tijuca do Ibmec, será aberto pelo diretor do instituto no Rio, Fernando Schüler, e pela presidente do Palavra Aberta, Patricia Blanco. O evento é gratuito, mas para participar é preciso se inscrever através do site www.ibmec.br/convida.