Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política

Política » Sarney se diz satisfeito com Conselho de Ética

Política

Política

Senado

Sarney se diz satisfeito com Conselho de Ética

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), avaliou há pouco que o clima político no Senado deve se normalizar com a decisão do Conselho de Ética de arquivar todas as 11 ações que foram movidas pela oposição contra ele. Questionado se havia ficado satisfeito com o resultado da votação do conselho, Sarney disse: "Acho que todos ficamos, porque ultrapassamos uma fase".

0

CAROL PIRES ,
Agencia Estado

19 Agosto 2009 | 19h48

Por nove votos a seis, o Conselho de Ética arquivou todas as ações que haviam sido movidas pela oposição contra José Sarney. Votaram contra o arquivamento os senadores Demóstenes Torres (DEM-GO), Eliseu Resende (DEM-MG), Rosalba Ciarlini (DEM-RN), Marisa Serrano (PSDB-MS),

Sérgio Guerra (PSDB-PE) e Jefferson Praia (PDT-AM). Votaram pelo arquivamento das ações: Wellington Salgado (PMDB-MG), Almeida Lima (PMDB-SE), Gilvan Borges (PMDB-AP), Inácio Arruda (PCdoB-CE), Gim Argello (PTB-DF), Romeu Tuma (PTB-SP) e os petistas João Pedro (AM), Ideli Salvatti (SC) e Delcídio Amaral (MS).

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.