1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Rocco será candidato a vice na chapa de Lindbergh

FÁBIO GRELLET E LUCIANA NUNES LEAL - Agência Estado

12 Maio 2014 | 21h 00

Durante encontro nesta segunda-feira no qual o PV selou o apoio à candidatura do senador Lindbergh Farias (PT) ao governo do Estado do Rio, o petista criticou a ala do PMDB que rompeu a aliança nacional com o PT e declarou apoio ao pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves. "Está sendo feita uma traição a Lula e a Dilma aqui, a quem eles sempre ajudaram", afirmou Lindbergh.

Liderados pelo presidente do PMDB-RJ, Jorge Picciani, os dissidentes retiraram o apoio à reeleição de Dilma Rousseff (PT). Mas outros líderes estaduais do PMDB, como o governador Luiz Fernando Pezão, continuam apoiando Dilma. Na reunião de hoje também foi anunciado que o ambientalista Roberto Rocco (PV) será o candidato a vice na chapa de Lindbergh. A deputada Jandira Feghali (PCdoB) foi convidada a disputar o Senado.

Lindbergh deve concorrer ao governo do Rio com Pezão (PMDB); o ex-governador Anthony Garotinho (PR); o senador e ex-ministro da Pesca Marcelo Crivella (PRB)e o ex-prefeito do Rio Cesar Maia (DEM).

Em nota, os verdes afirmaram que será reeditada "a histórica campanha de 1986 que uniu PT e PV para apoiar Fernando Gabeira ao governo estadual". Gabeira, então no PT, ficou em terceiro lugar na disputa vencida por Moreira Franco (PMDB). Desta vez, no entanto, Gabeira não vai participar da campanha, por conta de um contrato firmado com a TV Globo. Ele mantém um programa no canal por assinatura Globonews que o impede de atuar em campanhas políticas.

"Roberto Rocco vai defender a vocação do Rio como polo de economia criativa, a regularização fundiária, a conexão dos municípios da Região Metropolitana e a valorização de serviços com mobilidade, saúde, educação e banda larga para todos, em vez de obras com data marcada para inauguração", diz a nota do PV, que lançou o slogan "despoluir a política do Rio de verdade: é só querer".

Eleições 2014