1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Revista recolhe anúncio de entrevista com Pimentel

MARIA REGINA SILVA - Agência Estado

12 Abril 2014 | 18h 42

O diretor executivo da revista mineira Impactto, Ruan Carlos Moreira, afirmou há pouco que o material de anúncio da reportagem de capa da publicação de março, na qual traz entrevista com o pré-candidato do PT ao governo de Minas Gerais, Fernando Pimentel, já está sendo retirado das ruas da capital mineira. A revista atende a uma notificação do cartório eleitoral de Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, que, segundo Moreira, entendeu que a publicação estaria fazendo propaganda eleitoral antecipada. "Por precaução, também pedi à empresa responsável pela publicidade para recolher as placas distribuídas em outras partes de BH, além das propagandas colocadas em ônibus da região", contou.

O diretor da Impactto afirmou ao Broadcast Político que não tem nenhuma ligação com qualquer partido político e que a intenção da reportagem tem caráter somente informativo, e não de promover o entrevistado. "Queremos atrair leitores para a revista", disse, ao referir-se à publicação que é distribuída gratuitamente a cada bimestre no Vetor Norte da Grande Belo Horizonte, que engloba cidades como Lagoa Santa, Vespasiano, Pedro Leopoldo, Santa Luzia e Ribeirão das Neves.

Moreira conta que já entrevistou políticos do atual governo mineiro, comandado pelo PSDB, mas que a entrevista com Pimentel foi a primeira com um político da oposição. "Fizemos outras (capas) com o núcleo do governo de Minas e nada aconteceu, pois queremos apenas entrevistar os pré-candidatos à eleição deste ano. O primeiro foi o senador Aécio Neves (pré-candidato tucano à Presidência da República) e repercutiu muito bem, o que aumentou a procura por anúncios. Agora, com a oposição, foi a primeira vez. Acho que o PSDB não ficou feliz com a repercussão. O objetivo não é esse (de promover o candidato)", reforçou.

O pedido para a retirada do material com a entrevista de Pimentel foi feito pelo PSDB à Justiça Eleitoral. De acordo com o partido, o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais deu um prazo de 48 horas para que a revista retire a propaganda estampada em outdoors e ônibus de Belo Horizonte. Isso porque a capa da revista traz uma foto do petista com a seguinte frase: "Pimentel quer o seu voto!"

A despeito da Justiça considerar que o título sinaliza propaganda antecipada, portanto, irregular, já que o prazo para os candidatos iniciarem a propaganda começa valer a partir do dia 5 de julho, Moreira argumenta que a chamada não tem esse intuito. "A reportagem tenta fazer um questionamento acerca do potencial candidato. Agora, se o eleitor dará seu voto a ele ou não, não sabemos", frisou.

Na edição de julho/agosto do ano passado, a Impactto trouxe na capa uma foto do senador tucano de Minas Gerais Aécio Neves, na qual o título era "Aécio convoca seu time". Naquela ocasião, disse, também foi feito anúncio pela cidade de BH. "Ninguém me pediu para retirar a propaganda", afirmou.