Renan não comenta possibilidade de ser denunciado na Lava Jato

Após ser reeleito presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) não comentou a possibilidade de ser um dos políticos denunciados pelo Ministério Público Federal por suposto envolvimento na Operação Lava Jato.

ISADORA PERON, Estadão Conteúdo

01 Fevereiro 2015 | 19h17

Renan encerrou a entrevista que dava após o Broadcast questioná-lo sobre o assunto. O nome do peemedebista foi citado pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa em sua delação premiada.

"Amanhã nós falamos", afirmou, dirigindo-se à sala da presidência.

A expectativa é que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, peça a abertura de inquérito e ofereça denúncias ainda este mês. Renan nega envolvimento com o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.