1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Renan anuncia adiamento da decisão sobre CPI da Petrobrás

Ricardo Brito - Agência Estado

15 Abril 2014 | 19h 59

Presidente do Senado alegou 'falta de acordo' das lideranças partidárias; governo e oposição preferem aguardar posicionamento do Supremo Tribunal Federal

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou nesta noite o adiamento da decisão do plenário a respeito da instalação da CPI da Petrobrás exclusiva da Casa. Segundo Renan, a votação do recurso não será mais realizada porque não houve entendimento em relação ao encaminhamento da votação por parte dos líderes partidários.

Como informou o Estado mais cedo, tanto a base como a oposição preferem esperar uma decisão do Supremo Tribunal Federal a respeito de qual CPI será instalada: a da oposição, com apenas fatos que envolvem a Petrobrás, ou a da base, batizada de "CPI Combo", que, além de apurar suspeitas da estatal, quer também analisar casos de governos do PSDB de Aécio Neves e do PSB de Eduardo Campos. Ambos os lados recorreram ao Supremo para barrar a abertura da CPI proposta pelos respectivos adversários políticos.

Na semana passada, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou a proposta de se instalar a "CPI Combo". O caso tem de ser analisado ainda pelo plenário, o que não foi feito esta noite.