Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

‘Reconstrução’ ganha elogios em lançamento

Livro com reportagens do ‘Estado’, assinadas por José Fucs, foi lançado nesta 3ª em São Paulo com a presença de empresários e personalidades

O Estado de S.Paulo

19 Setembro 2017 | 23h38

O jornalista José Fucs, repórter especial do Estado, lançou nesta 3ª, na Livraria Cultura, o livro A Reconstrução do Brasil, uma série completa de reportagens publicadas entre setembro de 2016 e janeiro deste ano. O material é enriquecido com editoriais publicados no período. A obra tem prefácio escrito pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Nas reportagens, revisadas e atualizadas, o jornalista faz um mergulho profundo nos pontos mais relevantes da modernização da economia e da política brasileira. O lançamento recebeu figuras importantes do mundo político, econômico, jurídico e do jornalismo.

Veja as reportagens que deram origem ao livro

O jurista Almir Pazzianotto, ex-ministro do Trabalho durante o governo José Sarney, afirmou que o livro está sendo lançado em um momento importante do País. “Penso que ele pode contribuir com o debate nacional”, disse.

O consultor Rubens Barbosa, embaixador do Brasil em Washington entre os anos de 1999 e 2004, ressaltou que a obra deve balizar o debate sobre as reformas políticas, trabalhistas e da Previdência. “Uma leitura fundamental para o ano eleitoral que se aproxima”, afirmou Barbosa. Para o presidente do Banco Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, o autor é um jornalista “meticuloso e cuidadoso com os temas que trata”. “As reportagens de Fucs apontam para um Brasil que tem futuro.”

O economista Roberto Macedo, autor de vários livros e publicações na área econômica, classificou o livro de “indispensável”. “Ele traz um diagnóstico claro para o País e, principalmente, foi escrito com clareza didática que pode ser compreendida por qualquer um.” Da nova geração, o líder do Movimento Brasil Livre (MBL) Kim Kataguiri afirmou que a importância do livro está, principalmente, no “pragmatismo”. “Ele aborda os temas mais importantes do País de um ponto de vista lógico, ultrapassando o embate entre direita e esquerda”.

Evento. O lançamento do livro aconteceu no terceiro andar da Livraria Cultura. Na fila de autógrafos, os futuros leitores já demonstravam o interesse em debater os temas trazidos pela obra. “Acredito que, independentemente da opinião do leitor sobre os temas do livro e o diagnóstico que ele traz, a obra pode servir como um pontapé para o debate e a reflexão”, disse Fucs. “As propostas nele contidas podem ser aperfeiçoadas com o debate”, afirmou.

Para o diplomata e escritor Paulo Roberto de Almeida, que acompanhou as matérias publicadas no Estado, elas “agora, reunidas, devem proporcionar novas olhares sobre o País”.

Segundo o presidente da OAB de São Paulo, Marcos da Costa, “o livro traz uma coisa que falta aos nossos processos e debates. Trata-se de uma visão de fôlego, um diagnóstico que enriquece o debate para além do factual”.

O jornalista Melchiades Cunha Junior disse que o livro tem o mérito de não ser tão perecível quanto o jornal. “Quando li as matérias do Fucs pensei: poxa, ainda temos jornalistas e matérias com profundidade”, afirmou. O também jornalista Ibsen Costa Manso disse que o livro é mais do que uma coletânea de reportagens. “É um guia de como sair da crise. Acho que, se a gente seguir parte do que está sendo proposto aqui, existe uma luz no fim do túnel.”

Mais conteúdo sobre:
A Reconstrução do Brasil Livro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.