1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Quem xingou Dilma nunca andou de metrô, diz petista

WLADIMIR DANDRADE - Agência Estado

15 Junho 2014 | 12h 26

O presidente estadual do PT, Emídio de Souza, disse que as pessoas que hostilizaram a presidente Dilma Rousseff na abertura da Copa do Mundo, na ultima quinta-feira, provavelmente nunca haviam entrado em um metrô no País. "Muitos dos que xingaram a presidente são da turma que nunca andou de metrô", afirmou Souza, em discurso durante ato de oficialização da candidatura do ex-ministro Alexandre Padilha ao governo de São Paulo. O político criticou a política de transporte do governo do PSDB no Estado.

Emídio de Souza pediu unidade e empenho da militância do partido como resposta às manifestações contra a presidente Dilma. Ele, porém, afirmou que o PT fará uma campanha sem ataques aos adversários durante essas eleições. "Os militantes do PT têm que responder à manifestação vergonhosa ocorrida no estádio", disse. "Nosso desafio é fazer uma campanha que mostre a união e a capacidade de aglutinar os setores da sociedade", afirmou.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, se referiu aos xingamentos, durante seu discurso, ao "ódio" que os partidos de oposição teriam contra o PT, à presidente Dilma e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Contra o ódio vamos responder com a esperança", afirmou, em referência à candidatura de Padilha em São Paulo.

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, também exaltou a presidente Dilma em sua rápida fala no ato político.