Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política

Política » Público em Recife supera o de protestos anteriores

Política

Política

Protesto

Público em Recife supera o de protestos anteriores

Trios elétricos garantem empolgação em Pernambuco; Salvador supera expectativa dos organizadores

0

Monica Bernardes e Anna Ruth Dantas,
Especial para O Estado de S. Paulo

13 Março 2016 | 22h48

No Recife, a manifestação contra o Governo da presidente Dilma Rousseff e o PT chegou ao fim pouco antes das 14h, depois de quase três horas de caminhada, em um percurso de pouco mais de sete quilômetros. O ato aconteceu na praia de Boa Viagem, na Zona Sul da cidade.

Segundo os organizadores, mais de 150 mil pessoas participaram da mobilização, organizada pelos movimentos Vem Pra Rua e Estado de Direito. A PM de Pernambuco não divulgou estimativa de público. Em março de 2015, os organizadores disseram ter reunido um público de 50 mil pessoas. Na ocasião, a PM também não divulgou balanço de público.

Vestindo camisetas verde, amarela e azul, os manifestantes, inclsuive crianças, carregavam muitos cartazes e faixas com frases contra o PT, Dilma e o Governo Federal. Havia três trios elétricos, segurança privada e muito material de divulgação com mensagens pedindo o impeachment da presidente.

Na região central da capital, pouco mais de quatro quilômetros distante de Boa Viagem, cerca de 150 pessoas participaram de um ato a favor da presidente e de seu governo.

Em Salvador, o protesto superou a estimativa dos organizadores. Eram aguardadas entre 6 e 7 mil pessoas e a PM citou cerca de 20 mil manifestantes. O ato contou ainda com a participação de uma carreta de jipeiros, a "jipeata", que levava cartazes e boneco do ex-presidente Lula vestido de presidiário, grupos de ciclistas e motoqueiros.

Para os organizadores do protesto em Natal, 20 mil pessoas participaram do protesto na Praça Cívica, no centro da capital do Rio Grande do Norte. A PM estimou em 9 mil pessoas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.