1. Usuário
Assine o Estadão
assine

PT lamenta morte de Hugo Chávez e o classifica como 'herói'

Guilherme Waltenberg

05 Março 2013 | 20h 35

Comunicado afirma que os aliados do presidente venezuelano podem contar com o partido para dar prosseguimento 'às grandes conquistas políticas e sociais iniciadas pelo governo de Hugo Chávez'

SÃO PAULO - PT divulgou uma nota à imprensa lamentando a morte do presidente venezuelano Hugo Chávez, ocorrida nesta terça-feira. Na nota, o partido afirma que Chávez foi um "herói da América Latina e Caribenha".

Assinada pelo presidente do PT, Rui Falcão, e dirigentes da sigla, o comunicado afirma que os aliados do presidente venezuelano podem contar com o PT para dar prosseguimento "às grandes conquistas políticas e sociais iniciadas pelo governo de Hugo Chávez".

Segue a íntegra da nota:

"O Partido dos Trabalhadores lamenta profundamente o falecimento de Hugo Chávez, presidente da República Bolivariana da Venezuela, destacado protagonista da integração de Nossa América e uma liderança mundial das forças populares. Em 2012, Lula disse a Chávez: ''tua luta é nossa luta, tua vitória será nossa vitória''.

Hoje, neste momento de tristeza e dor, abraçamos os familiares, amigos, colegas de farda e camaradas de crença de Chávez, e dizemos: contem conosco, contem com o Partido dos Trabalhadores, para dar prosseguimento às grandes conquistas políticas e sociais iniciadas pelo governo de Hugo Chávez.

Saudações petistas a este herói da América Latina e Caribenha. Rui Falcão, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores - Iriny Lopes, secretária de relações internacionais do PT - Marco Aurélio Garcia, do diretório nacional do PT - Valter Pomar, do diretório nacional do PTN".