1. Usuário
Assine o Estadão
assine


PSDB rebate ministra Campello sobre Bolsa Família

ERICH DECAT - Agência Estado

29 Maio 2014 | 18h 21

Em nota publicada nesta quinta-feira, o PSDB nacional rebate a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, que criticou a proposta do senador Aécio Neves (PSDB-MG) que altera a lei do Bolsa Família. O projeto do tucano foi aprovado ontem na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado e estende o benefício do Bolsa Família por até seis meses no caso de o beneficiário aumentar sua renda em decorrência de atividade profissional ou econômica. O texto ainda precisa ser avaliado pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) para depois seguir para discussão na Câmara.

Em entrevista coletiva, Tereza criticou a proposta e atacou o senador. "O Bolsa Família tem 11 anos. Onde estava o senador Aécio Neves que não tratou de Bolsa Família e vem tratar agora? Essa é a pergunta que não quer calar". Também por meio de nota, a ministra disse que o projeto desfigura o programa. "Atualmente, as regras do programa já protegem os beneficiários que melhoram de renda, por um período de dois anos após a superação da pobreza. O que a proposta aprovada faz é eliminar o limite de renda para a chamada regra de permanência".

Na nota publicada hoje, o PSDB considera as declarações da ministra como "sem pé nem cabeça" e lista 11 pontos citando algumas realizações do tucano ocorridas nos últimos 11 anos a frente do governo de Minas Gerais e no mandato de senador. "Como se trata de lamentável desconhecimento, o PSDB decidiu esclarecer à ministra naquilo que julga ser obrigação dela conhecer", diz trecho da nota.