1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

PSDB denuncia uso de cartaz não produzido pelo partido

ELIZABETH LOPES E LUIS LIMA - Agência Estado

29 Junho 2014 | 15h 26

A direção do PSDB paulista denunciou o uso de material de campanha não elaborado pela legenda e que, de acordo com o presidente da sigla em São Paulo, deputado Duarte Nogueira, teria sido utilizado na manhã deste domingo, na convenção estadual do PTB na Capital, para unir a imagem do presidenciável Aécio Neves (PSDB) a slogan utilizado pelo governo do PT.

"O PSDB-SP foi surpreendido essa manhã com cartazes colocados na convenção estadual do PTB e que uniam a imagem do nosso candidato Aécio Neves à slogan semelhante ao utilizado pelo governo federal: "País rico é País sem pobreza", diz Duarte Nogueira.

A convenção realizada pelo PTB paulista, nesta manhã, contou com a presença do candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, candidato à reeleição nessas eleições. "Apesar de trazer a marca do PSDB, a peça não foi produzida pelo partido. O PSDB solicitou a imediata retirada do material. Além da nossa discordância com o conteúdo, a peça pode ser compreendida como material de campanha eleitoral, o que é proibido nesse momento", diz o dirigente tucano.

De acordo com Duarte Nogueira, o PSDB respeita a legislação eleitoral e está tomando as providências para tentar identificar os responsáveis.

A identificação do cartaz foi feita por um assessor do PTB no final da convenção da sigla, realizada na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). A sigla lançou Marlene Campos Machado ao Senado e ratificou apoio às candidaturas dos tucanos Geraldo Alckmin e Aécio Neves ao governo de São Paulo e à Presidência da República, respectivamente.

Eleições 2014