PSDB busca unidade em SP com escolha de Floriano Pesaro para líder na Câmara

Em meio à indefinição sobre o futuro político do prefeito Gilberto Kassab, os vereadores do PSDB em São Paulo indicaram no início desta semana, por aclamação, o vereador Floriano Pesaro para liderar a bancada do partido na Câmara Municipal. O objetivo é unir as alas serristas e alckmistas da sigla para as eleições municipais de 2012.

André Mascarenhas , estadao.com.br

10 Fevereiro 2011 | 14h15

A decisão foi tomada após uma reunião entre tucanos próximos a Geraldo Alckmin e o presidente da Câmara Municipal, vereador José Police Neto. Nas palavras de um tucano que participou das conversas, Floriano tem uma “excepcional relação” com o governador, além de ter trabalhado para José Serra na prefeitura e manter proximidade com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

A avaliação é de que o sucesso do PSDB nas eleições de 2012 depende de uma bancada de vereadores coesa. “Acho que os vereadores deram uma demonstração de união, e a unidade do PSDB é fundamental para o sucesso do partido em 2012″, disse Floriano ao Radar Político nesta quinta-feira, 10.

O aceno em direção ao governador veio após mais um afago de Alckmin no grupo ligado a Serra. Na semana passada, Alckmin indicou o deputado estadual Samuel Moreira, um aliado de Serra, para a liderança do governo na Assembleia Legislativa. Embora tenha gerado protestos entre alguns deputados, a escolha foi vista como estratégica para manter o partido unido em torno do projeto do governador. “Temos que olhar para o futuro”, disse uma fonte próxima a Alckmin.

As articulações devem garantir ao governador o comando do PSDB no processo de escolha do candidato tucano à prefeitura de São Paulo. Para tanto, ele espera eleger seu secretário de Gestão Pública, Julio Semeghini, para a presidência municipal do partido em março. Enquanto isso não acontece, Alckmin vai dando as cartas nos bastidores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.