1. Usuário
Assine o Estadão
assine

PSDB acusa Skaf de usar Fiesp para fazer propaganda eleitoral

Pedro Venceslau e Ricardo Chapola

23 Janeiro 2014 | 14h 20

Direção executiva paulistana entrou com representação no Ministério Público Eleitoral contra o presidente da entidade, provável candidato ao governo de SP

A direção executiva do PSDB paulistano entrou hoje com uma representação no Ministério Público Eleitoral contra o presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, provável candidato a governador pelo PMDB. Os tucanos acusam o dirigente de usar recursos de publicidade da entidade para alavancar seu nome.

"O Skaf tem usado ostensivamente o espaço institucional da Fiesp no horário nobre para se promover politicamente. Ele só está preocupado com a campanha", afirma o ex-deputado Milton Flávio, presidente do PSDB paulistano. O documento apresenta como evidências diversos comerciais protagonizados por Skaf entre 2011 e 2013.

A entidade decidiu não se pronunciar. "Ele não faz uso político da Fiesp, que tem uma função social de alertar a população sobre os problemas do Estado", diz o deputado Jorge Caruso, líder do PMDB na Assembleia Legislativa.