1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Eleições 2014

PSD deve anunciar apoio à reeleição de Dilma no dia 25

ERICH DECAT - Agência Estado

11 Junho 2014 | 19h 46

Integrantes do PSD anunciam no próximo dia 25 de junho apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff. A data foi acertada entre os presidente da legenda, Gilberto Kassab (SP), e o presidente do PT, Rui Falcão. "A nossa convenção ocorrerá na última quarta-feira do mês. Comuniquei ontem aos deputados Moreira Mendes, Eduardo Sciarra e Guilherme Campos, que telefonaram para Dilma convidando-a para o nosso encontro", disse Kassab ao Broadcast Político. A convenção do PSD está prevista para ocorrer em Brasília, no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, a partir das 9h.

O PSD fará parte de um grupo de 10 partidos que deverão coligar com o PT em apoio à reeleição de Dilma. Ontem, o PMDB e o PDT foram os primeiros a oficializar a aliança no âmbito nacional. O reforço do PSD deverá garantir cerca de três minutos de tempo de programa de TV para Dilma. A legenda conta com o terceiro maior tempo, atrás apenas do PMDB e do PT.

A definição do PSD também encerra as discussões alimentadas nos bastidores do Congresso sobre a possibilidade do ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles (PSD) poder compor como vice na chapa presidencial do senador Aécio Neves (PSDB). Essa possibilidade de aliança ganhou força nos últimos dias entre alguns parlamentares principalmente após Kassab sinalizar com a possibilidade de se unir com PSDB em São Paulo, onde o governador Geraldo Alckmin tentará a reeleição.

Questionado sobre seu destino na disputa eleitoral de São Paulo, Kassab brincou: "Já está tudo definido. Vou ter candidatura própria ou me aliar ao PSDB ou ao PMDB". Sem dar uma data, ele disse que uma definição deve ocorrer "em breve".

Eleições 2014