1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Programa Juventude Viva previne violência contra jovens

GABRIELA LARA E LUÍS LIMA - Agência Estado

19 Fevereiro 2014 | 09h 48

A presidente Dilma Rousseff destacou nesta quarta-feira, 19, durante entrevista a rádios de Alagoas, no Palácio da Alvorada, em Brasília, a importância do Programa Juventude Viva, de prevenção à violência contra jovens negros, no Estado de Alagoas. "O Programa Juventude Viva nos ajuda a enfrentar essa que é uma das grandes chagas da sociedade, que é a violência contra jovens, especialmente jovens pobres e negros da periferia".

Segundo a presidente, os resultados da iniciativa foram tão animadores que o programa foi estendido para a Paraíba e para alguns municípios de São Paulo. "Agora, a pedido de alguns governadores, vamos implantar (o programa) no Espírito Santo e no Rio Grande do Sul. Vamos chegar a 47 municípios atendidos em sete Estados, com investimento de meio bilhão de reais."

Para Dilma, os jovens atendidos pelo programa estão sendo "transformados". "Estamos levando cultura, lazer e esporte para os jovens", disse.

"Alagoas vai ficar na história do Juventude Viva como sendo o local onde pela primeira vez implantamos esse programa", disse.

PAC Equipamentos

A presidente também afirmou que, até o final de maio, o governo federal entregará todas as máquinas previstas no PAC Equipamentos, programa destinado a municípios brasileiros com até 50 mil habitantes.

Dilma disse que, no caso de Alagoas, das 102 cidades contempladas, 95 já tiveram acesso às máquinas doadas. Ela explicou que o Brasil tem 5.061 municípios com até 50 mil habitantes, que representam grande parte da população rural do País. "O compromisso do governo com os municípios menores fez com que criássemos mecanismos para melhorar diretamente essas regiões", disse.

Segundo a presidente, ao fazer um levantamento o governo constatou que essas localidades tinham carência de máquinas e equipamentos "cruciais" para atender as necessidades da população. "Montamos um kit que inclui retroescavadeira, motoniveladora e caminhão-caçamba. Todos os municípios com até 50 mil habitantes vão receber pelo menos esse kit", afirmou, complementando que as cidades do semiárido que enfrentam seca também ganharão um caminhão-pipa e uma pá carregadeira.