1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mensalao

Presos do mensalão têm indulto de Páscoa

FELIPE RECONDO - Agência Estado

18 Abril 2014 | 08h 17

Dois condenados por envolvimento no mensalão - o ex-deputado João Paulo Cunha e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares - deixaram nesta quinta-feira (17) a cadeia e passarão o feriado prolongado em casa. Os dois voltarão na terça-feira (dia 22) ao Centro de Progressão Penitenciária (CPP), em Brasília, onde cumprem pena. Nesta quinta-feira, os dois deixaram a prisão cedo para trabalhar. Delúbio Soares trabalhou durante todo o dia na Central Única dos Trabalhadores (CUT).

João Paulo Cunha cumpriu expediente até as 13h em um escritório de advocacia. Os dois terão de voltar à cadeia na terça-feira, depois de cumprirem expediente em seus empregos. Outros detentos, que não trabalham fora da cadeia, deixaram a carceragem às 10h para o "saidão de Páscoa".

Durante o período do benefício, João Paulo e Delúbio Soares não podem ficar fora de casa depois das 18h, viajar para fora do Distrito Federal, ingerir bebidas alcoólicas e entorpecentes nem frequentar bares e prostíbulos, em cumprimento às determinações da portaria da Vara de Execuções Penais (VEP), Pelas regras definidas pela Justiça, João Paulo e Delúbio também não podem se encontrar. A portaria proíbe que internos andem em companhia de outros presos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mensalao