Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política » Dirigente do PT pede em mensagem: 'Brasil urgente, Lula presidente'

Política

NILTON FUKUDA|ESTADÃO

Política

PT

Dirigente do PT pede em mensagem: 'Brasil urgente, Lula presidente'

Texto foi divulgado pela página do PT no Facebook conclama a militância do partido a permanecer mobilizada em defesa do ex-presidente

0

Ricardo Galhardo,
O Estado de S.Paulo

05 Março 2016 | 15h30

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, divulgou neste sábado, 5, uma mensagem que conclama a militância do partido a permanecer mobilizada em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Apenas um ano e três meses depois do início do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, Falcão antecipa o slogan: “Brasil urgente, Lula presidente”.

Desde o último sábado, na festa de 36 anos do PT, quando se intensificaram as especulações sobre uma ação da Lava Jato contra ele, Lula voltou a dizer que se necessário será candidato à sucessão de Dilma em 2018.

Em conversas reservadas dirigentes petistas admitem que o partido espera usar a comoção em torno da condução coercitiva de Lula como impulso para mobilizar a militância em defesa do mandato de Dilma, pressionar o governo por mudanças na política econômica e abrir caminho para uma possível candidatura do ex-presidente em 2018.

Na mensagem deste sábado Falcão exalta a reação da militância petista à ação da Lava Jato contra Lula e diz que nessa sexta-feira foram registrados atos em solidariedade ao ex-presidente em mais de mil cidades. Foram bandeiraços, plenárias e reuniões em diretórios do PT.

“Quero conclamar, ao fazer este reconhecimento, que vocês permaneçam mobilizados, em vigília, que participem dos próximos eventos programados”, disse Falcão.

Nessa sexta-feira, o PT decidiu antecipar o calendário de mobilizações. Na próxima terça-feira, 8, Dia Internacional da mulher, o partido vai participar do ato Mulheres com Lula no vão livre do Masp, em São Paulo; nos dias 18 e 31 a Frente Brasil Popular promove atos também na Avenida Paulista e em outras capitais.

Na mensagem divulgada pela página do PT no Facebook, Falcão diz que a disposição de Lula em disputar a sucessão de Dilma é uma “boa notícia”. Segundo ele, o PT já prepara uma agenda de viagens pelo Brasil para o ex-presidente. “Ele vai iniciar uma agenda pelo país, viagens no Brasil inteiro, e nós temos que contribuir com sugestões”, disse o dirigente petista.

A exemplo de Lula, Falcão comparou a condução coercitiva do ex-presidente pela Polícia Federal a um sequestro. “Um presidente que nunca se recusou a prestar esclarecimentos à Justiça e que foi praticamente sequestrado numa violência que mobilizou todo o país”, disse o presidente do PT.

Comentários