Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa será entregue nesta sexta-feira

Ministra do Supremo Cármen Lúcia será agraciada por voto contra necessidade de autorização prévia para biografias

O Estado de S. Paulo

15 Outubro 2015 | 11h48

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) entregará nesta sexta-feira, 16, em São Paulo, o Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa 2015 à ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia. A cerimônia será realizada às 10h30 no auditório do Estado  (Av. Eng. Caetano Álvares, 55, Limão).

A premiação é aberta ao público e tem por objetivo homenagear pessoas ou instituições que tenham se destacado na promoção ou na defesa da liberdade de imprensa e da liberdade de expressão. Cármen Lúcia receberá o prêmio das mãos do presidente da ANJ, Carlos Fernando Lindenberg Neto, por seu voto contrário à necessidade de autorização prévia para a publicação de biografias, em processo examinado pelo STF e do qual foi relatora. O Supremo decidiu unanimemente contra a necessidade de autorização para as biografias.

Durante o encontro, haverá apresentações sobre a situação da liberdade de imprensa no Brasil e no mundo. Quem quiser participar deve fazer sua inscrição pelo e-mail anj@anj.org.br. As vagas são limitadas.

Mais conteúdo sobre:
ANJ liberdade de imprensa Cármen Lúcia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.