Por diretas-já, partidos de oposição criam Frente Parlamentar Mista

'País precisa de um presidente legítimo, eleito pelo povo', diz o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini

Renan Truffi, O Estado de S.Paulo

30 Maio 2017 | 00h36

BRASÍLIA - Em reunião no gabinete do senador João Capiberibe (PSB-AP), nesta segunda-feira, 29, parlamentares de PT, PSB, PDT, PC do B, PSOL e Rede Sustentabilidade criaram a Frente Parlamentar Mista Pelas Diretas-Já. O símbolo da campanha será o mesmo desenvolvido pelo artista plástico Henfil em 1984, ano anterior às eleições indiretas que marcaram o fim da ditadura militar e elegeram Tancredo Neves.

A frente será oficialmente lançada no Congresso na próxima semana. "É uma frente suprapartidária que reforça o movimento em curso na sociedade civil por eleições diretas-já", disse o líder da Minoria na Câmara, José Guimarães (PT-CE). "O País, para voltar a crescer e gerar empregos, precisa de um presidente legítimo, eleito pelo povo", afirmou o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP).

Participaram da reunião os presidentes do PT, Rui Falcão, e do PDT, Carlos Lupi, além dos senadores Lídice da Mata (PSB-BA), Acir Gurgacz (PDT-RO), Vanessa Graziotin (PC do B-AM), Paulo Rocha (PT-PA) e José Pimentel (PT-CE), entre outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.