Polícia acusa suspeito de matar brasileira com 40 facadas na Irlanda

Joselita da Silva morava em Co Offaly há três anos e pretendia trazer o resto da família para a Irlanda.

BBC Brasil, BBC

26 Outubro 2009 | 06h33

Um brasileiro de 30 anos de idade foi acusado nesta segunda-feira de matar a também brasileira Joselita da Silva com 40 facadas, na semana passada, na casa em que ela morava, na cidade de Tullamore, em Co Offaly.

O suspeito seria amigo da vítima, afirma a polícia, e foi encontrado no local do crime com ferimentos a faca nas mãos, pescoço e barriga.

A polícia ainda não estabeleceu as causas do crime. Joselita, de 33 anos de idade, era de Pires do Rio, no Estado de Goiás, e morava na Irlanda há três anos, onde trabalhava em uma empresa de limpeza, afirma a imprensa irlandesa.

Segundo amigos, ela era separada e morava com o filho mais velho, de 17 anos de idade.

Ela pretendia voltar ao Brasil na semana que vem para trazer seiu outros dois filhos, de 13 e 16 anos, para morar com ela.

A polícia acredita que o suspeito e a vítima não tinham envolvimento amoroso.

O suspeito mora na Irlanda há sete anos BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.