1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

PMDB pode definir coligação em SP esta semana, diz Skaf

GUSTAVO PORTO - Agência Estado

28 Maio 2014 | 18h 25

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, acredita que até a próxima semana o PMDB - partido pelo qual concorrerá ao governo paulista - definirá a coligação principal para as eleições deste ano, mas admitiu que o assunto pode ser resolvido ainda esta semana.

"Tenho impressão de que não deverá passar da próxima semana, mas é possível definir ainda esta semana", disse Skaf, antes de um evento do Serviço Social da Indústria (Sesi), em Ribeirão Preto (SP).

O PMDB já fechou o apoio do PROS, mas negocia com o PSD e o PSB uma coligação que pode dar a um dos dois partidos a vaga de vice na chapa de Skaf. O PSDB também luta pelo apoio dos mesmos partidos, disputa considerada normal pelo provável candidato ao governo. "A política é feita com diálogo, muita conversa. Pressão é legítima e ninguém está fazendo nada de anormal", afirmou.

Skaf se licenciará na sexta-feira, 30, da presidência da Fiesp e de outras entidades ligadas à associação das indústrias para se dedicar à campanha, mas ainda elogiou a decisão do governo de tornar permanente a desoneração da folha para setores da indústria, comércio e serviços. "Desonerar a folha estimula a geração de empregos. Defendo a extensão dessa medida para todos os setores. Todos devem ter a folha de pagamento desonerada nos 20% do INSS e, de preferência, sem contrapartida no porcentual de faturamento", disse.

Eleições 2014