1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

PMDB do Rio deve anunciar hoje apoio a Aécio

LUCIANA NUNES LEAL - Agência Estado

14 Abril 2014 | 15h 13

O provável candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, receberá nesta segunda-feira, 14, durante um jantar no Rio o apoio do PMDB-RJ, que, liderado pelo presidente regional, Jorge Picciani, retirou o apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff no fim de 2013.

A aliança com o tucano é uma resposta à candidatura do senador petista Lindbergh Farias ao Palácio Guanabara e ao fim da aliança do PT com o PMDB, depois de sete anos de apoio ao governo de Sérgio Cabral. No dia 4 de abril, Cabral passou o cargo ao vice Luiz Fernando Pezão, que disputará a reeleição. Apesar da reação do PMDB fluminense, Cabral e Pezão continuam a defender publicamente a reeleição de Dilma.

Segundo Picciani, 40 pessoas estarão presentes ao primeiro encontro ampliado do PMDB pró Aécio, entre as quais 10 prefeitos, 5 deputados federais, 15 deputados estaduais, além de vereadores da capital e ex-prefeitos do partido.

"Vamos mostrar a Aécio os líderes do PMDB e parlamentares que estão com ele e discutir como será o ato público de anúncio do nosso apoio, que acontecerá no fim de maio", disse Picciani. O presidente do PMDB-RJ organiza uma reunião pluripartidária de apoiadores de Aécio.

"Sempre dissemos que não aceitávamos palanque duplo para a presidente Dilma no Rio. Quando o PT decidiu romper com o PMDB e lançar candidato próprio, deixamos de ter compromisso nacional com o PT", sustenta Picciani.

Antes do jantar, Aécio fará uma palestra para empresários na sede da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Eleições 2014