Mastrangelo Reino/Estadão
Mastrangelo Reino/Estadão

Pizzolato deve chegar ao Brasil na sexta-feira

Polícia Federal trará o condenado num voo de carreira no mesmo dia para São Paulo, com previsão de chegada ao Brasil na sexta-feira, 23

FÁBIO FABRINI, O Estado de S. Paulo

20 Outubro 2015 | 16h08

Brasília - O ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no julgamento do mensalão, será entregue às autoridades brasileiras na próxima quinta-feira, 22. A Polícia Federal trará o condenado num voo de carreira no mesmo dia para São Paulo, com previsão de chegada ao Brasil na sexta-feira, 23.

Após desembarcar no Brasil, Pizzolato será trazido a Brasília num avião da Polícia Federal. Ele fará exame de corpo de delito e será, em seguida, levado direto para a Penitenciária da Papuda.

Uma equipe da Polícia Federal, composta por um delegado, dois agentes e uma médica, já está na Itália para cuidar dos preparativos da extradição de Pizzolato. As informações foram confirmadas à reportagem pela Polícia Federal.

Mais conteúdo sobre:
mensalão Henrique Pizzolato extradição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.