1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Pezão é vaiado por estudantes, que poupam Dilma

LUCIANA NUNES LEAL - Agência Estado

15 Abril 2014 | 19h 21

Vaiado por parte dos mil alunos que recebiam diplomas de cursos técnicos, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), fez um discurso de agradecimento à presidente Dilma Rousseff pelas parcerias do governo federal com o Estado e acabou aplaudido pela plateia que esteve no Clube Esportivo Mauá, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

Ao lado da presidente, Pezão afirmou: "Se não fosse a senhora, o governo da senhora, não colheríamos os frutos que estamos colhendo". "Agradecemos muito à senhora por sempre nos tratar com esse carinho, essa dedicação", disse Pezão nesta terça-feira, 15. O governador fez um discurso rápido para os alunos, que, em grande parte, já tinham vaiado o prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim (PR), aliado do ex-governador e pré-candidato ao Palácio Guanabara Anthony Garotinho.

Dilma foi poupada pelos estudantes. Um ou outro ensaiou hostilizar a presidente, mas não foi adiante. Ela exaltou Pezão como "um grande parceiro". Foi a primeira viagem da presidente ao Rio depois que Pezão assumiu o governo do Estado, em 4 de abril, no lugar de Sérgio Cabral. No mesmo Clube Mauá, em setembro do ano passado, Dilma presenciou uma grande vaia a Cabral, durante anúncio investimentos em mobilidade urbana. O então governador reclamou com Mulim, pedindo que o prefeito cobrasse "educação" da claque. Ontem, nem o prefeito escapou a hostilidade.