1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Eleições 2014

Pezão descarta Aécio e reafirma apoio a Dilma

MARCELO GOMES - Agência Estado

12 Maio 2014 | 18h 13

O governador do Rio e pré-candidato à reeleição, Luiz Fernando Pezão (PMDB), voltou a afirmar nesta segunda-feira, 12, que estará com a presidente Dilma Rousseff (PT) na campanha. Isso apesar de o presidente do PMDB-RJ, Jorge Picciani, e setores do partido garantirem apoio ao provável candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, em virtude de o PT fluminense ter lançado a candidatura do senador Lindbergh Farias ao governo do Estado.

No casamento de Picciani, numa casa de festas na zona oeste do Rio no último sábado, Pezão saiu em fotos ao lado de Aécio e de Pastor Everaldo, possível candidato à presidência pelo PSC. "Eu tirei foto com o Aécio junto com o Pastor Everaldo, que é outro candidato a presidente. Mas a minha candidata é a presidenta Dilma. Nunca escondi isso. As conversas são sempre bem-vindas. A política é a arte da conversa. Sempre me dei muito bem desde a época que o (pré) candidato a presidente Aécio Neves era governador (de Minas Gerais). Sou muito amigo do (Antonio) Anastasia, que o sucedeu. Uma pessoa que sempre me ajudou desde quando era do Ministério do Trabalho. Então esse relacionamento é importante. O PMDB é muito amplo. A gente vê diversos pensamentos. Mas eu, o (ex-governador) Sérgio (Cabral) e o (prefeito do Rio) Eduardo (Paes) estamos com a presidenta Dilma. Essa aliança que se mostrou forte foi o segredo do Rio".

Perguntado se o PMDB do Rio também apoiará Dilma, Pezão disse que sim. "Na hora certa vai estar. Estamos ainda em pré-campanha. Não teve nem as convenções ainda. Todo mundo agora querendo armar seus palanques e fazer suas alianças. A gente vai ter uma forte aliança. E a prioridade vai ser a presidenta Dilma".

Eleições 2014