1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Petrobras troca gerentes da época Paulo Roberto Costa

SABRINA VALLE - Agência Estado

12 Abril 2014 | 14h 43

A Petrobras afastou dois gerentes-executivos da área de Abastecimento remanescentes da época do ex-diretor da companhia Paulo Roberto Costa, preso pela Polícia Federal no mês passado dentro da operação Lava-Jato. Eduardo Autran deixou a gerência-executiva de Logística e José Raimundo Pereira deixou a gerência-executiva de Marketing e Comercialização.

Os dois ocupavam os cargos na época em que Costa era diretor de Abastecimento, respondendo imediatamente ao executivo. Costa foi afastado da Petrobras por Graça Foster em abril de 2012, logo depois de a executiva assumir a presidência da empresa.

As outras três gerências-executivas da pasta já haviam sido trocadas depois da saída de Costa. Com as mudanças desta semana a empresa encerra a troca de equipe do segundo escalão remanescente da equipe do ex-diretor.

A decisão foi tomada em reunião de diretoria na quinta-feira e anunciada internamente na empresa na sexta-feira.

Antonio Rubens Silvino, que era presidente da Luquigás, foi para o lugar de Abílio Ramos, que por sua vez ocupará a gerência de Marketing e Comercialização no lugar de Pereira. Ramos é ligado ao atual diretor de Abastecimento, José Carlos Cosenza.

Em abril de 2012, logo depois da saída de Costa, a diretoria de Abastecimento da Petrobras também havia feito uma substituição nas gerências-gerais de nove refinarias, com um rodízio interno.