1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Petrobras nega falta de análise de contrato de refinaria

Agência Estado

21 Maio 2014 | 14h 45

A Petrobras considera "equivocada" informação de que não teria analisado contratos e aditivos da Refinaria do Nordeste (Rnest), mais conhecida como Abreu e Lima.

A estatal enviou nesta quarta-feira, 21, nota à imprensa esclarecendo que todos os contratos e aditivos da refinaria, "inclusive os assinados até 16/12/2013 por ocasião de sua incorporação, foram submetidos previamente aos órgãos competentes para autorização interna e recomendação para aprovação da Rnest, observadas as análises técnicas, comerciais, tributárias e jurídicas pertinentes", seguindo o modelo de governança do Sistema Petrobras.

Ontem, o ex-presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli, afirmou em depoimento na CPI da Petrobras no Senado que os diretores da empresa criada para administrar Abreu e Lima, que é independente, não têm a obrigação de apresentar os aditivos de contratos para a diretoria da estatal, o que explicaria o fato de a diretoria não ter acompanhado o avanço do custo da refinaria com mais detalhes. "Não chegavam à diretoria esses atos", afirmou.