ANDRE DUSEK | AE
ANDRE DUSEK | AE

Petista Maria da Conceição Tavares declara voto em Manuela e diz que Lula está impedido

Economista é uma das mais importantes referências teóricas e acadêmicas do PT

Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo

15 Abril 2018 | 17h47

Uma das mais importantes referências teóricas e acadêmicas do PT, a economista Maria da Conceição Tavares, de 87 anos, divulgou neste domingo, 15, um vídeo de apoio à pré-candidatura de Manuela d'Ávila (PCdoB) à Presidência da República. No vídeo, a professora emérita da UFRJ, ex-deputada federal pelo PT entre 1995 e 1999, justifica o apoio à Manuela dizendo que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Operação Lava Jato, está impedido de disputar a eleição.

“Meu candidato à Presidência era o ex-presidente Lula, mas, como ele foi impedido, resolvi apoiar e votar na Manuela”, diz a economista.

+++Após uma semana preso, Lula já sente isolamento político

+++Maioria vê culpa de Lula; 95% quer que Lava Jato continue

Apesar de Lula ter sido condenado por órgão colegiado e preso por corrupção e lavagem de dinheiro, a direção do PT continua insistindo no discurso de que o ex-presidente é o único nome do partido para a disputa presidencial e apostando em brechas na Lei da Ficha Limpa para registrar sua candidatura.

Nos bastidores, petistas admitem que Lula dificilmente será liberado para disputar a eleição e discutem nomes como os de Fernando Haddad e Jaques Wagner para representar o partido na disputa presidencial.

+++Haddad e Wagner insistem em Lula 2018

+++Presidenciáveis dão ênfase ao social por votos de Lula

No vídeo divulgado ontem pelas redes sociais de Manuela, a professora, filiada de primeira hora ao PT, diz que a pré-candidata do PCdoB pode carregar as propostas de Lula na campanha eleitoral e conclama os eleitores que não tenham um “candidato do coração” a votarem na deputada gaúcha.

“É uma jovem militante combativa que levará o programa de todos nós, inclusive de Lula. Se você não tem um candidato do coração, vote Manuela”, diz Maria da Conceição Tavares.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.