Marcos Porto/Agência RBS
Marcos Porto/Agência RBS

Pescadores invadem Ministério do Planejamento

Trabalhadores que vivem da pesca reclamam do cancelamento de registros pelo governo

Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

22 Novembro 2017 | 09h35

BRASÍLIA - O edifício principal do Ministério do Planejamento, em Brasília, foi novamente invadido por manifestantes, na manhã desta quarta-feira, 22. Desta vez, são pescadores que protestam contra o cancelamento de registros de pesca. O grupo é de cerca de 100 pessoas, segundo a Polícia Militar.

+++ CGU vê fraude em dois de cada três benefícios do ‘bolsa pescador’

Os manifestantes romperam a portal principal do prédio e ocupam o saguão de entrada. Houve um pequeno confronto com PMs, que chegaram a usar spray de pimenta para tentar dispersá-los. Os funcionários que conseguiram entrar no edifício tiveram que acessá-lo pela garagem.

+++ Com crise da carne, pescadores tentam eliminar barreiras ao setor

No dia 17 de outubro, o ministério também foi ocupado por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), que reclamavam do "desmonte da política de reforma agrária".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.