1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Perfil: conheça os novos secretários de Geraldo Alckmin

Gustavo Uribe, da Agência Estado

02 Dezembro 2010 | 19h 06

Veja quem são e o que já fizeram os futuros titulares do governo paulista

SÃO PAULO - O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou nesta quinta-feira, 2, os nomes de Saulo de Castro Abreu Filho para a secretaria de Transportes, Jurandir Fernandes para Transportes Metropolitanos e Guilherme Afif Domingos para Desenvolvimento. Veja quem são e o que já fizeram os futuros titulares do governo paulista.

 

Saulo de Castro (Transportes)

Amigo de Alckmin, Saulo de Castro foi um dos coordenadores do programa de governo do governador na campanha eleitoral deste ano. Ele foi promotor de Justiça e secretário de Segurança Pública na gestão de Alckmin (2002-2006). Sua gestão foi duramente criticada pela forma com que o Estado lidou com os ataques da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). A onda de violência foi organizada por lideranças de dentro de presídios de São Paulo, com ônibus incendiados, ataques a delegacias, bancos e corpo de bombeiros e um boato sobre um toque de recolher que amedrontou a capital paulista.

 

Jurandir Fernandes (Transportes Metropolitanos)

Nome de confiança de Alckmin, o novo secretário compõe o núcleo duro da transição estadual e conta com prestígio entre os tucanos por uma boa atuação como secretário dos Transportes Metropolitanos, na segunda gestão de Alckmin à frente do Palácio dos Bandeirantes. Além de perfil político, Jurandir conta com aptidões técnicas, características que teriam fortalecido a sua indicação para o posto, que Alckmin classifica como uma das vitrines de sua nova gestão. O seu nome foi um dos primeiros a ser escolhidos pelo núcleo de transição.

 

Guilherme Afif Domingos (Desenvolvimento)

Aos 67 anos, o empresário Guilherme Afif Domingos (DEM) vai acumular a função de vice-governador com a de secretário estadual de Desenvolvimento. Na gestão do ex-governador José Serra (2006-2010), ele foi secretário de Emprego e Relações do Trabalho e recebeu a indicação depois de ter concorrido ao Senado nas eleições de 2006, vencidas pelo senador Eduardo Suplicy (PT-SP) por uma diferença de pouco mais de 700 mil votos, um desempenho considerado surpreendente. Ligado ao prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), Afif foi presidente da Associação Comercial de São Paulo por muitos anos e está no mundo político desde a década de 1980, tendo sido secretário municipal, estadual e deputado constituinte. Também já foi candidato à Presidência da República em 1989, quando ficou nacionalmente conhecido pelo jingle "juntos chegaremos lá".