1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Pelo menos 12 guias nepaleses morrem em avalanche no Everest

Reuters

18 Abril 2014 | 11h 18

Uma avalanche varreu a encosta do monte Everest e matou 12 guias de alpinismo nepaleses nesta sexta-feira, início da principal temporada de escaladas, informou uma autoridade do Ministério do Turismo.

A avalanche, a mais mortífera em oito anos, atingiu a rota mais popular ao topo da montanha. Três guias nepaleses ficaram feridos e até cinco pessoas estão desaparecidas, disse Dipendra Paudel, do departamento de alpinismo do ministério.

Foi a primeira grande avalanche no monte Everest nesta temporada, quando centenas de alpinistas estrangeiros e nepaleses acorrem à montanha para tentar alcançar seu pico a 8.850 metros de altura.

A avalanche atingiu os guias em uma altura relativamente baixa, entre o campo da base e o campo 1, no início da sexta, relataram fontes do ministério.

Helicópteros e equipes de resgate a pé foram enviados ao local, disse Madhusudan Burlakoti, importante autoridade da pasta.

Mais de 4 mil alpinistas escalaram o topo do Everest desde a primeira escalada de Sir Edmund Hillary e do guia Tenzing Norgay em 1953. A rota que usaram é a que foi atingida pela avalanche desta sexta-feira.

Quase 250 pessoas morreram na montanha.

(Reportagem de Gopal Sharma)