Paulo Vieira pede demissão da ANA

Planalto espera pedido de demissao de Rubens Vieira nesta sexta-feira

Tania Monteiro,

06 Dezembro 2012 | 22h54

BRASÍLIA - O diretor afastado de Hidrologia da Agência Nacional de Águas (ANA), Paulo Vieira, pediu exoneração do cargo, em carta encaminhada ao Palácio do Planalto nesta quinta-feira, 06, à tarde. Paulo Vieira, apontado como um dos responsáveis pelo esquema de elaboração de pareceres para beneficiar aliados,  descoberto pela Operação Porto Seguro, da Polícia Federal, terá seu pedido de exoneração publicado no Diário Oficial desta sexta-feira. O Palácio do Planalto espera para esta sexta-feira a apresentação de uma carta com pedido de demissão de seu irmão, Rubens Vieira, diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Paulo Vieira alega "motivos pessoais" para estar pedindo demissão do cargo. Ele foi indicado para a função por interferência politica de Rosemary Noronha, ex-chefe do gabinete da presidência da República em São Paulo.

O pedido de demissão não encerra ou paralisa a investigação que está sendo realizada pela comissão de sindicância das agências. Caso seja constatado que os irmãos cometeram irregularidades, o pedido de demissão será transformado em "perda de mandato" da agência, posto para o qual ambos foram indicados pelo ex-presidente Luiz INácio Lula da Silva e cujas indicações foram aprovadas pelo Senado.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.