1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Para Planalto, troca nos Transportes sela acordo com PR

Marcelo de Moraes - Estado de S. Paulo)

25 Junho 2014 | 13h 30

Saída de César Borges do cargo era colocada como condição para o partido garantir apoio à campanha de reeleição da presidente

Brasília - Na avaliação do governo federal, a substituição de César Borges por Paulo Sérgio Passos no Ministério dos Transportes sacramentou a aliança do PR em torno da candidatura da presidente Dilma Rousseff. A mudança foi feita nesta quarta-feira, 25.

Dois dos principais líderes do partido, o senador Antônio Carlos Rodrigues (SP) e o deputado Bernardo Santanna (MG) se reuniram na noite de sexta-feira com o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e aceitaram o nome de Passos para o lugar de Borges, que consideravam não representar o partido à frente da pasta. Os dois teriam dado sinal verde para a mudança, garantindo que o gesto seria suficiente para o PR apoiar a coligação nacional com o PT em torno de Dilma. Apesar do otimismo do Planalto, setores do PR ainda resistem à aliança.