Para oposição, Cardozo é o alvo do partido

A oposição interpretou ontem as críticas do presidente do PT, Rui Falcão, à Polícia Federal como uma tentativa de atingir o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e desestabilizar as investigações. "Jogar tudo nas costas da Polícia Federal é alimentar a briga interna do PT contra o ministro da Justiça. O alvo dessa declaração é ele. É como se o Cardozo pudesse frustrar uma diligência determinada pela Justiça", diz o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP).

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

29 Outubro 2015 | 02h04

Para o deputado Mendonça Filho (PE), líder do DEM na Câmara, "na cabeça do Rui Falcão o ideal é que a Polícia Federal seja subordinada ao PT. Desde que ela começou a desvendar os escândalos dos governos petistas, o PT adotou a tese de desmoralizar a PF".

Mais conteúdo sobre:
O Estado de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.