1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Para Dilma, aeroportos se transformaram em 'grandes rodoviárias'

Daniela Amorim, Luciana Nunes Leal e Felipe Werneck - O Estado de S. Paulo

01 Junho 2014 | 12h 04

Presidente ressaltou aumento do número de passageiros no País e disse que aeroportos não são apenas para a elite

RIO - A presidente Dilma Rousseff disse nesta manhã, no Rio, que o avião deixou de ser um meio de transporte apenas da elite, e que os aeroportos do País se transformaram em grandes rodoviárias, no sentido de que uma fatia maior da população passou a ter acesso ao transporte aéreo. 

Dilma discursou durante a inauguração da Transcarioca, via exclusiva de ônibus entre o aeroporto internacional do Galeão e a Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade. Mais cedo, a presidente participou da inauguração do terminal 2 do Galeão, que deve quase dobrar a capacidade de transporte de passageiros, segundo Dilma. 

"E aí vocês podiam me dizer: aeroporto não é igual à Transcarioca, aeroporto é transporte de elite. E aí eu vou dizer para vocês: era transporte de elite", declarou ela.

Marcos de Paula/Estadão
Presidente chegou a pegar pandeiro e ouvir samba durante o evento

Dilma lembrou que a aviação no Brasil já chegou ao patamar de 113 milhões de passageiros ao ano. 

"E hoje todos aqueles que querem viajar podem viajar (de avião). E muitas vezes são pessoas que jamais tiveram acesso a aeroporto. De fato, acusam a gente de ter transformado aeroporto em uma grande rodoviária. De fato transformamos em uma grande rodoviária, porque não tem mal algum em rodoviária. Mas transformamos em aeroporto de qualidade", defendeu Dilma.