1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Padilha: para PSDB, interior de SP é depósito de presos

ANA FERNANDES - Agência Estado

11 Abril 2014 | 20h 38

O pré-candidato do PT ao governo paulista, Alexandre Padilha, acusou nesta sexta-feira, 11, o governo do PSDB de tratar o interior do Estado como "depósito de presídios". "Eles (governo do PSDB) pararam de acreditar no potencial de cada região do nosso Estado de São Paulo", disse, durante evento da Caravana Horizonte Paulista, em Araçatuba, realizado na noite desta sexta-feira, 11. "O que eles trazem pra cá é presídio, presídio, presídio", acusou.

Padilha disse que o PT considera o interior paulista como um "motor de desenvolvimento", lembrando do potencial agrícola da região e citando municípios geridos por prefeitos petistas, como Andradina e Araçatuba. Acompanhado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Padilha visitou mais cedo o Estaleiro Tietê, na mesma cidade. O transporte hidroviário será uma das bandeiras do pré-candidato, que afirmou que, com as balsas construídas no estaleiro, o transporte de carga no Tietê pode dobrar.

Padilha falou também sobre o direito das mulheres. O petista disse querer que o Estado seja reconhecido por respeitar esses direitos. Ele criticou o episódio recente de publicidade que foi acusada de incentivar assédio sexual no transporte público paulista. "A agência de publicidade do metrô passou a fazer ''brincadeirinha'' com assédio sexual", disse o pré-candidato. Padilha criticou também o fato de que as delegacias da mulher no Estado não funcionarem 24 horas.