1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Padilha e Maluf se contradizem ao falar sobre o PAS

ANA FERNANDES - Agência Estado

30 Maio 2014 | 14h 36

O pré-candidato ao governo de São Paulo Alexandre Padilha (PT) contradisse o aliado Paulo Maluf (PP), com relação ao Plano de Atendimento à Saúde (PAS), implementado por Maluf quando prefeito da capital paulista, de 1993 a 1996. "Fui ministro da Saúde durante três anos e não implantei o PAS no Brasil, é uma demonstração de que nós temos projetos diferentes. Em temas, temos pensamentos diferentes, mas hoje o PT governa junto com prefeitos do PP implantando o SUS (Sistema Único de Saúde)."

Um pouco mais cedo, no ato de apoio do PP de Maluf à candidatura de Padilha e à candidatura de reeleição da presidente Dilma Rousseff, o deputado pepista havia dito que o PAS foi o melhor programa de saúde já implementado, ao que Padilha virou o rosto e deu risada. Padilha explicitou que ele e seus aliados têm ideias e visões diferentes. "O PAS foi um programa que existiu no século passado e no comecinho dos anos 2000, foi superado aqui em São Paulo", disse o petista. "E no Ministério da Saúde nós demos o passo mais corajoso para mudanças do SUS, que foi o programa Mais Médicos", completou.

Padilha, contudo, ressalvou que respeita a diversidade de sua coligação. "Eu sou petista, mas não acho que o PT é dono da verdade. Nós queremos uma aliança ampla também para discutir as propostas que os outros partidos possam trazer."

Eleições 2014