1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Padilha e Gleisi cumprem agendas em SP e no PR

TÂNIA MONTEIRO E AYR ALISKI - Agência Estado

31 Janeiro 2014 | 21h 41

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que na quarta-feira, 29, convocou rede nacional de rádio e TV para anunciar uma campanha de vacinação contra o HPV que só vai começar em 10 de março, cumpre uma típica agenda de campanha em São Paulo neste sábado, 1, utilizando avião da Força Aérea Brasileira (FAB) nos deslocamentos. Na segunda-feira, 3, ele deixa o cargo e será substituído por Arthur Chioro, em cerimônia no Palácio do Planalto. Padilha deixa a Esplanada para disputar o governo paulista pelo PT.

Para este sábado, a agenda de Padilha prevê ida da capital paulista para Campinas pela manhã e depois, no início da tarde, ida para São José dos Campos. Nesses trajetos está previsto o "uso da FAB para deslocamento", conforme dados da agenda oficial. O roteiro de Padilha neste sábado inclui passagem por Hortolândia, no interior paulista.

Estão previstos compromissos como "visita a Unidade de Saúde da Família Parque do Horto"; "visita a Unidade de Pronto Atendimento Pastor Eneas de Castro Gama", "visita à Unidade de Saúde da Família Maria Aparecida Antunes dos Santos" e "visita e inauguração da Unidade de Pronto Atendimento José Pereira de Amorim". Às 12h30, está prevista decolagem de Campinas para São José dos Campos e, às 14h30, "cerimônia de lançamento da pedra fundamental da UPA 24h".

Gleisi

Dois dias antes de deixar a Casa Civil para reassumir sua cadeira no Senado, a fim de dar início à pré-campanha em busca do governo do Estado do Paraná, a ministra Gleisi Hoffmann participará neste sábado de eventos em duas cidades paranaenses, representando a presidente Dilma Rousseff.

Às 11h30, em Umuarama, a ministra Gleisi entregará de 603 unidades do programa "Minha Casa, Minha Vida". Mais cedo, às 9h30, ela participa da abertura oficial da colheita da safra de soja, promovida pela Aprosoja. O evento será na Fazenda Boa Sorte, na Cidade de Quarto Centenário (PR). A transmissão de cargo na Casa Civil será feita na terça-feira (4), às 9h30. Quem assumirá o cargo é Aloizio Mercadante, que deixará o Ministério da Educação para José Henrique Paim.

Gleisi Hoffmann que deixa o cargo na segunda-feira, assim como Padilha, recebeu grande parte dos funcionários da Casa Civil em seu gabinete nesta sexta-feira, 31. Eles formaram filas no quarto andar para a despedida e tirar fotos. Durante a última semana, Gleisi dedicou grande parte do seu tempo a reuniões de transição com o novo ministro Aloizio Mercadante.

Ela entregou a Mercadante três documentos: um com 33 páginas, sobre a estrutura da Casa Civil, o segundo, uma resenha executiva, com 106 páginas com todos os projetos em andamento, atual estágio, previsões de entrega, volume de recursos gastos e a gastar e o terceiro, um relatório com questões pendentes e que precisam de monitoramento constantes, como o programa Mais Médicos e Pronatec. Os problemáticos se referem à demarcação de áreas indígenas e organização das Olimpíadas em 2016.