André Dusek
André Dusek

Oposição no Congresso se reúne hoje com presidente do TCU

Senador Aécio Neves, presidente do PSDB, será um dos presentes na reunião com Aroldo Cedraz, que acontece na véspera do julgamento das contas de 2014 de Dilma

Ricardo Brito, O Estado de S. Paulo

06 Outubro 2015 | 11h53

BRASÍLIA - Na véspera do julgamento das contas de 2014 do governo da presidente Dilma Rousseff, presidentes e líderes de partidos de oposição ao governo no Congresso se reúnem, às 14h30 desta terça-feira, 6, com o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Aroldo Cedraz. Entre os congressistas que devem comparecer à reunião estão os presidentes do PSDB, senador Aécio Neves, do DEM, Agripino Maia, e o líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima.

O TCU decidiu manter o julgamento das contas do governo para as 17h de quarta-feira, 7, apesar do movimento do Planalto, que pediu, por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), o afastamento do relator do processo na corte, ministro Augusto Nardes, alegando antecipação de voto, entre outros argumentos.

A análise da suspeição do relator será feita como questão preliminar, antes de os ministros começarem a discutir as contas. A tendência entre os ministros é de rejeitar o pedido do governo, mantendo Nardes na relatoria. O governo, no entanto, pretende levar o caso ao Supremo Tribunal Federal (STF) caso o pedido não prospere no TCU.

Mais conteúdo sobre:
TCU 'pedaladas fiscais' Aroldo Cedraz PSDB DEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.